fbpx

A Maior Mineradora do Brasil

A Vale é uma Mineradora de porte internacional que exporta principalmente minério de ferro. Com quase 80 anos de mercado, a Vale é a maior mineradora do Brasil e uma das maiores do Mundo. Possuindo um dos Minérios de Ferro com teor mais alto de todo o mundo.

Você sabe o que a Vale produz? E o que ela mais exporta?

Vale diz que fechou acordos com familiares de todos os trabalhadores de Brumadinho - Época Negócios | Empresa

A Vale produz minério de ferro, pelotas, níquel, carvão, cobre, manganês e ferroligas.

Foi fundada no dia 3 de junho de 1942. Era a pequena Companhia Vale do Rio Doce, que surgiu com um capital de 200 mil contos de réis. A empresa cresceu, amadureceu e, passados 79 anos, se tornou o que é hoje.

Ela está presente na história de muitas famílias, que estão há várias gerações trabalhando na mineradora.

A Vale é a maior mineradora do Brasil e uma das maiores do mundo. Atualmente é uma empresa privada e listada na Bolsa de Valores. Além da mineração, também atua em logística, energia e siderurgia. A Vale é líder em produção de minério de ferro e pelotas. Além do Brasil, a Vale possui usinas pelotizadoras em Omã e tem participação em joint ventures na China.


Qual a Missão da Vale?

Transformar recursos naturais em prosperidade e desenvolvimento sustentável. A Vale tem como conceito principal, transformar os recursos naturais em ferramentas para a sociedade!

O minério de ferro é a matéria-prima do aço, que é usado na produção de ferramentas, máquinas, veículos, linhas de transmissão de energia elétrica, como elemento estrutural para a construção de edifícios e casas, além de possuir uma infinidade de outras aplicações. Em suma, é imprescindível para a sociedade atual que tenhamos o ferro em abundância, e a Vale é a maior produtora deste commodity.

Então sua missão é levar a sociedade ao seu melhor estágio, extraindo da natureza de forma segura e sustentável.

 

Qual a Produção Anual da Vale?

Em comunicado ao mercado, a mineradora Vale informou que atualizou suas estimativas para 2021, 2022 e os próximos anos. Agora, pela nova projeção, a produção de minério de ferro deve ficar entre 320 e 335 milhões de toneladas para o ano que vem.

A estimativa de investimento para ampliação de unidades produtivas (CAPEX) no período é de US$ 5,8 bilhões. Segundo a empresa, a média estimada para os próximos anos é de US$ 5 bilhões a US$ 6 bilhões, considerando uma taxa média de câmbio de 5,00 em 2023.

Para este ano, a produção de minério deve ficar entre 315 e 320 milhões de toneladas. Já para pelotas, a estimativa ficou para 2022 entre 34 e 38 Mt e de 50 ou mais, a partir de 2022. Sobre cobre, a projeção é de 330 a 355 kt em 2022; de 390 kt a 420 kt entre 2023 e 2026 e acima de 450 kt após 2027. Enquanto isso, para o níquel, a projeção de produção para 2022 e 2023 é de 175 a 190 kt, e após 2024 superior a 200.

 

Qual o Faturamento anual da Vale?

No primeiro trimestre de 2021 a receita líquida mais que dobrou (121,8%): passando de R$ 31,3 bilhões entre janeiro e março de 2020 para R$ 69,3 bilhões no mesmo período deste ano.

No segundo trimestre de 2021 a receita líquida da mineradora foi de R$ 87,8 bilhões, o que representa um crescimento de R$ 18,5 bilhões na comparação com os três primeiros meses deste ano. No mesmo período do ano passado, por sua vez, a receita foi de R$ 40,4 bilhões.

No terceiro trimestre de 2021 a receita líquida da mineradora foi de R$ 66,2 bilhões, o que representa uma queda de R$ 21,6 bilhões na comparação com os três primeiros meses deste ano. No mesmo período do ano passado, a receita foi de R$ 57,9 bilhões.

Resultado Financeiro Vale

 

Quantos Funcionários Tem a Vale?

A Vale conta com cerca de 120 mil empregados próprios e terceiros no mundo. 54% do consumo energético da Vale é produzido pela própria empresa. Sendo ela a maior produtora de manganês no Brasil, responde por cerca de 70% do mercado nacional.

 

Onde a Vale Atua no Mundo?

Onde a Vale atua

A Vale conta com infraestrutura no Brasil, Indonésia, Moçambique, Omã, Filipinas e Argentina.

 

Qual a importância de Minas Gerais para a VALE?

Minas Gerais é o berço da Vale. Foi na cidade mineira de Itabira em que nossa empresa nasceu, em 1942, como Companhia Vale do Rio Doce. Depois de mais de sete décadas de operação, o estado continua respondendo por mais de metade da nossa produção de minério de ferro. Em Minas, temos mais de 20 minas em operação, a Estrada de Ferro que liga Minas a Vitória ao longo de 905km e mais de 60 mil hectares de áreas preservadas no quadrilátero ferrífero. Dás 22 minas operando no Brasil, 19 delas estão presentes em Minas Gerais. (2017)

Dado essa grande relevância, a Vale tem buscado estratégias para prolongar a vida útil de alguns ativos em MG.

 

A Vale é privatizada?

A Vale foi privatizada no dia 6 de maio de 1997 – durante o governo de Fernando Henrique Cardoso – com financiamento subsidiado, disponibilizado aos compradores pelo BNDES. A venda do controle acionário da Vale foi concretizada em 6 de maio de 1997 para consórcio Brasil, liderado pela Companhia Siderúrgica Nacional, de Benjamin Steinbruch, que adquiriu o controle acionário por cerca de 3,3 bilhões de dólares, na ocasião, representando menos de um quarto do capital total da empresa, antes pertencente à União, que representava 41,73% das ações ordinárias (com direito a voto) da empresa.

Quando foi privatizada, a Vale produzia 114 milhões de toneladas/ano, nível que se manteve praticamente estável nos dois anos subsequentes à privatização. Logo após a privatização, entretanto, os lucros da empresa aumentaram consideravelmente.

 

Quem é o Dono da Vale?

Como citamos logo a cima, a Vale começou como uma estatal e atualmente é uma empresa privatizada, com seu controle a partir de um conselho acionário de administração.

A maior parte das ações da Vale estão nas mãos da Litel e Litela Participações, empresas brasileiras controladas por fundos de pensão do Banco do Brasil (Previ), Caixa (Funcef) e Petrobras (Petros). BB e Caixa indicam metade dos diretores dos seus respectivos fundos de pensão e, portanto, também têm responsabilidade sobre o investimento que eles fazem. Sozinhas, Litela e Litel representam 19,1% do valor da companhia.

O BNDESPar, empresa de investimentos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), é o segundo maior acionista individual da Vale, com 6,3%. Logo atrás está a Bradespar, empresa de investimentos do Bradesco, com 5,7% das ações da mineradora.

Essas grandes empresas têm direito a assentos no Conselho de Administração da Vale, ou seja, podem interferir diretamente em sua atuação. Por isso, é possível pressionar o Banco do Brasil, o BNDES, o Bradesco e a Caixa para que eles exijam atitudes mais responsáveis da Vale!

quem são os donos da Vale

Composição acionária em 31 de dezembro de 2019

 

Qual o valor da empresa Vale?

Com o dólar cotado a R$ 5,35, a mineradora brasileira está valendo cerca de R$ 335,7 bilhões.

Uma das empresas mais valiosas da América Latina. Chegou a ser avaliada em RS$ 663,3 bilhões em junho, quando a tonelada do minério de ferro era negociada acima dos US$ 200. Porém, vem perdendo valor de mercado por causa da desvalorização da commodity, que bateu nos US$ 119 a alguns meses e hoje, o valor está cerca de US$ 110.

 

Qual a Mina Mais Valiosa da Vale?

O S11D é o maior complexo minerador da história da Vale, um empreendimento que integra produtividade com respeito pelas pessoas e tecnologia com inteligência ambiental. O minério de ferro de Carajás é considerado o de melhor qualidade do mundo

Além de favorecer a competitividade do minério brasileiro, o projeto traz soluções modernas e sustentáveis, com redução do consumo de diesel e beneficiamento a umidade natural, sem uso de barragens de rejeitos. Os investimentos em inovação, aliados à experiência da Vale no setor, possibilitam uma operação de maior eficiência e menor impacto ao meio ambiente.

O complexo está localizado no município de Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará.

 

 

Qual o lucro da Vale? 

O lucro líquido foi de R$ 30,564 bilhões no 1T21, ficando R$ 25,739 bilhões acima do 4T20, principalmente devido a (a) despesas de Brumadinho e impairment nos ativos dos negócios de Níquel e Carvão no 4T20, (b) maior resultado financeiro, apesar do impacto da desvalorização cambial do Real frente ao dólar em 9,6% na marcação a mercado de nossas posições de derivativos. Esses efeitos foram parcialmente compensados pelo menor EBITDA ajustado proforma. Já o lucro líquido no 2T21 foi de R$ 40,095 bilhões, ficando R$ 9,531 bilhões acima do 1T21, principalmente devido ao maior EBITDA proforma e maiores resultados financeiros. E por fim o lucro líquido do 3T21 foi de R$ 20,203 bilhões no , R$ 19,892 bilhões inferior ao 2T21, principalmente, devido ao impairment dos investimentos do negócio de Carvão.

 

A Pandemia afetou Muito a Vale?

A Vale sofreu com a covid-19 nas operações da empresa no segundo trimestre do ano, mas aumentou a produção de minério de ferro em 5,5% no período ante igual trimestre do ano anterior. Produziu 67,59 milhões de toneladas da commodity.

A mineradora continua confiante da meta de produção para o ano, contudo assumiu no relatório de produção do segundo trimestre divulgado, estimando uma perda de produção de 9,8 milhões de toneladas de minério de ferro pelos efeitos da covid-19, sendo 3,5 milhões de toneladas referentes a abril-junho e 6,3 milhões de toneladas previstas para o segundo semestre do ano. O que mais afetou foi a suspensão temporária do Complexo de Itabira, que parou por 12 dias, e o aumento do absenteísmo (ausência de trabalhadores) por força da quarentena no sistema Norte (Pará-Maranhão) a partir da adoção de um protocolo de testes, rastreamento e tratamento dos trabalhadores. Outra razão ligada à pandemia que afetou a produção de minério de ferro foi o adiamento de manutenções e a retomada de algumas operações previstas, Fábrica e Complexo de Vargem Grande, todas em Minas Gerais, teve impactos negativos na produção de 2020.

A Vale também informou ter vendido 54,6 milhões de toneladas de minério de ferro no segundo trimestre, com queda de quase 12% sobre igual período do ano passado. Em relação ao primeiro trimestre do ano, houve um aumento de 5,7% em volume de vendas. Considerando vendas de minério de ferro e pelotas, o total chegou a 61,5 milhões no segundo trimestre do ano, com queda de 13% em relação ao mesmo período do ano passado. A Vale disse ainda que revisou a meta de produção de pelotas para 30 milhões a 35 milhões de toneladas ante um número anterior de 35 milhões a 40 milhões.

WeCreativez WhatsApp Support
Atendimento on-line via WhatsApp!
👋 Olá em que posso ajudar?
Fale conosco no Whatsapp