fbpx

Quanto Custa Parar uma Correia Transportadora na Mineração

Quanto Custa Parar uma Correia Transportadora na Mineração

As correias transportadoras são equipamentos amplamente utilizados em inúmeros segmentos industriais. No setor de mineração, por exemplo, esse tipo de equipamento apresenta uma função fundamental para toda a operação.

Itens como extração, transporte, beneficiamento e estoque dos materiais estão diretamente ligados ao funcionamento das correias transportadoras.

Uma paralisação nos serviços de uma correia transportadora pode gerar inúmeros impactos, desde a interrupção de uma linha de produção, até a completa suspensão da produção de uma indústria inteira. A partir disso, surge uma dúvida: quanto custa parar uma correia transportadora da mineração? Para saber mais, continue a leitura deste artigo.

Quanto custa parar uma correia transportadora na mineração?

Segundo especialistas no assunto, uma paralisação de 16 horas ou mais pode ultrapassar a quantia de um milhão de dólares. A conta, em dólares, leva em consideração o carregamento de um navio com capacidade de 400 mil toneladas de minério de ferro. Esse tipo de navio geralmente é carregado em um prazo de 24 horas de operação contínua, sem nenhuma interferência.

Assim, pode-se dizer que a hora parada teria um custo hipotético de US$62.500,00 (considerando o custo de um milhão de dólares em 16 horas). Além disso, deve-se acrescentar a penalização por atraso no embarque do navio, que pode chegar a US$20 mil por dia.

É importante deixar claro que a capacidade operacional de um sistema completo pode chegar a 20 mil toneladas por hora, e as correias transportadoras representam metade do custo de toda a instalação. Impressionante, não é mesmo?

banner correia transportadora

Como evitar paralisações em correia transportadora na mineração?

Após a apresentação dos custos que uma paralisação pode gerar, certamente você deve estar se perguntando: como evitar paralisações em correia transportadora na mineração?

Já existem sistemas no mercado capazes de evitar essas paralisações. Em termos de investimento, esses sistemas apresenta um valor bem aquém das manutenções corretivas.

Esse tipo de sistema nada mais é do que uma proteção eletrônica, por meio de um monitoramento online e detecção de danos as correias, antes que uma parada no sistema de transportes ocorra.

Como funcionam esses sistemas?

Essas opções podem ser acionadas individualmente ou podem trabalhar em conjunto. Um bom exemplo é a tecnologia utilizada para a identificação de rasgos longitudinais, que podem ocorrer nos locais de maiores solicitações de carga. Com a instalação de antenas metálicas (loops) vulcanizadas e aferidas por sensores eletromagnéticos, as informações de cada loop são enviadas ao painel de controle, que faz interface com os sistemas eletrônicos de cada equipamento.

 Outra alternativa é a utilização de um recursos que analisa a integridade física dos cabos de aço internos de uma correia, gerando informações sobre as condições das malhas metálicas, informações sobre os encordoamentos e informações sobre as tensões de tração. O acompanhamento da velocidade da correia também pode ser feito, buscando aumentar a segurança dos colaboradores e de todo o processo, reduzindo o risco de acidentes e incidentes.

Obviamente, os recursos supracitados devem ser integrados utilizando as redes industriais comuns nas mineradoras, facilitando todo o processo de monitoramento remoto, com envio de informações importantes em intervalos de tempo determinados.

Quais as soluções para proteção das correias transportadoras que posso implementar?

No tópico anterior destacamos alguns tipos de sistemas que podem ser implementados nas correias transportadoras para evitar sua paralisação. Veja, a seguir, algumas das soluções mais utilizadas pelo setor de mineração para evitar a parada da linha de produção:

  • Sistemas de identificação e monitoramento de rasgos nas correias transportadoras;
  • Sistema de alongamento das emendas nas correias transportadoras;
  • Sistema de análise da integridade dos cabos de aços internos;
  • Sistema de monitoramento da velocidade da correia transportadora.

Cada um desses sistemas pode ser utilizado em sua linha de produção. Entretanto, contar com paralisações e manutenções preventivas também é uma estratégia altamente eficaz para evitar paradas desnecessárias e, principalmente, um prejuízo de enorme importância. Essa é a mais uma maneira de aumentar a vida útil da correia transportadora e trazer toda segurança necessária para sua operação.

E aí, gostou do nosso artigo? O que achou das informações que destacamos sobre o custo de paralisação de uma correia transportadora na mineração? Ficou com alguma dúvida? Então, entre em contato com nossos técnicos. Eles estão prontos para te ajudar!

jw engenharia whatsapp

WeCreativez WhatsApp Support
Atendimento on-line via WhatsApp!
👋 Olá em que posso ajudar?
Fale conosco no Whatsapp