fbpx

Qual grampo devo escolher para a emenda da minha correia transportadora?

jwengenhariagrampoflexco

A escolha do grampo ou fixador para correia transportadora é uma das etapas mais importantes na hora de efetuar a emenda da sua correia.
O uso de um grampo inadequado pode levar a um desgaste prematuro da emenda ou até mesmo a uma falha catastrófica, que podem levar a um maior tempo de inatividade do transportador e causar problemas e preocupações com a segurança no trabalho.

O Brasil é um dos países com mais acidentes de trabalho no mundo!

A escolha correta do grampo irá garantir um maior tempo de atividade do seu transportador e bem como aumentar a produtividade da sua operação.
Então, qual modelo de grampo devo escolher para fazer a emenda da minha correia transportadora?

Grampo para Emenda de Correia Transportadora

Os fatores a serem levados em consideração são:

  • Classificação / Tensão da correia;
  • Espessura da correia;
  • Diâmetros das polias.

Examinando a classificação / tensão da correia

Cada correia é fornecida com uma classificação de tenção da fabricante, que é uma medida da tensão necessária para superar o atrito dos componentes do transportador. Os componentes do transportador considerados nesta classificação consistem no peso do material sendo transportado; o ângulo da correia; e a resistência dos roletes, prancha da saia e outros componentes do sistema. Verifique a classificação da sua correia.

Qual grampo devo escolher para a emenda da minha correia transportadora? jw engenharia

Cada correia é classificada com sua força operacional (após fatores de segurança) e é classificada em termos de libras por polegada de largura (PIW). Da mesma forma, cada grampo ou fixador mecânico também é classificado em termos de PIW.

E em outras áreas, as correias são classificadas de acordo com a força geral da correia (antes dos fatores de segurança) e são classificadas em termos de quilonewtons por metro (kN / m). Por esse motivo, cada grampo ou fixador também é classificado em termos de k / N / m.

O Brasil é um dos países com mais acidentes de trabalho no mundo!

É importante que a correia transportadora e o grampo sejam operados dentro do alcance de suas capacidades ou que a emenda possa falhar prematuramente.

DETERMINANDO A ESPESSURA DA CORREIA TRANSPORTADORA – O CAMINHO CERTO

Determinar a espessura da correia transportadora parece uma coisa bastante simples. Ao comprar a sua correia você já sabe a espessura, correto? Talvez sim, talvez não. Se a correia for nova, você deve saber certamente a medida, mas se não for, precisará levar alguns fatores em consideração.

Estratégia de Manutenção Preventiva

Qual grampo devo escolher para a emenda da minha correia transportadora? jw engenharia

A dica é, calcular a correia no ponto em que a emenda será instalada. À medida que a correia é utilizada e posta para funcionar, ela entra em contato com qualquer tipo de itens, polias, roldanas, defasagens e o material que está sendo transportado. O contato com esses itens vai desgastando tanto a parte superior e inferior da sua correia. É por isso que é importante conhecer a espessura da correia na área onde a emenda será realizada, pois as correias geralmente não se desgastam uniformemente.

Para determinar a espessura é importante passar a sua correia transportadora, rebaixar os elementos de fixação removendo parte superior da correia. Se você tiver uma parte superior de pelo menos 4,5 mm (3/16”), é recomendável que você deslise a correia. Embora a profundidade de corte possa variar de 1/16” (1,5 mm) a 3/8” (10 mm), o desvio médio é de 1/8” (3 mm), o que é responsável pela espessura do fixador ou do grampo. Lembre-se dessa profundidade ao determinar a espessura da correia, pois será necessário medi-la e subtrair a quantidade de correia que você pretende deslisar.

Cada fixador ou grampo foi projetado para lidar com uma faixa diferente de espessura de correia e é importante que você escolha o fixador ou grampo adequado para essa faixa. Caso contrário, o desgaste prematuro da correia e a falha da emenda tornam-se possibilidades reais em seu sistema.

COMO O DIÂMETRO DA POLIA INFLUENCIA SUA ESCOLHA

Qual grampo devo escolher para a emenda da minha correia transportadora? jw engenharia

Este é o fator a ser levado em consideração ao escolher um fixador ou grampo, o diâmetro da polia. A questão aqui é: qual polia? Bom, você pode começar observando todos os diâmetros das polias no seu sistema, onde a correia envolve pelo menos 90 graus. Escolha a menor polia que envolva 90 graus ou mais. Se você tiver uma polia de asa autolimpante, leve em consideração uma dimensão de diâmetro 25% maior.

Como calcular e quais materiais devo utilizar para fazer uma emenda de correia a frio?

O diâmetro da polia é parte integrante da decisão entre os dois tipos diferentes de fixador ou grampo – chapa sólida e o estilo articulado.
Os prendedores de dobradiças, por exemplo, são mais populares para diâmetros de polias menores, devido à sua capacidade de dobrar em torno de uma curva mais apertada no sistema. Quando qualquer um dos estilos é apropriado para sua correia e polias, os estilos de chapa sólida são preferidos para uma vida útil mais longa e para evitar peneirar. Os fixadores e grampos articulados são preferidos em polias de menor diâmetro, transportadores portáteis e em qualquer situação em que o comprimento da correia possa ser ajustado.

Aprenda como fazer uma emenda de correia a Frio

USANDO SEUS CÁLCULOS

Levando em consideração todos os fatores, terá as informações necessárias para encontrar o fixador ou grampo certo para o seu sistema.

Fale conosco no Whatsapp