fbpx

Polias e Correias: Saiba Tudo Sobre o Assunto

polias-e-correias

Polias e Correias: para que servem e qual é sua importância?

Polias e correias são itens de vital importância em diversos setores da indústria por trabalharem juntas no processo de transmissão de potência e movimento para os demais componentes de equipamentos e máquinas, garantindo seu funcionamento.

Dessa forma, em analogia com o corpo humano, podemos considerar o motor como o “coração” das máquinas, funcionando (neste caso) como um “órgão” gerador de potência e movimento os quais precisam chegar a outros implementos para que todos operarem juntos. Estando aí o papel das polias e correias, sendo elas o veículo transmissor dessas duas grandezas (potência e movimento) para os demais implementos.

polias-e-correias

Assim, podemos concluir que sem a presença – e ação – das polias e correias, os aparelhos não entrariam em funcionamento, uma vez que haveria o motor para gerar potência e movimento, porém sem as polias e correias, essas grandezas não chegariam aos demais implementos por falta da transmissão.

Polias e Correias de Transmissão: Estrutura e Características 

Estrutura e características das Correias de Transmissão

Em termos de estrutura e características, as correias de transmissão são definidas como cintas de material flexível, normalmente feitas de camadas de lonas e borrachas vulcanizadas, plástico de engenharia (Poliuretano, PVC, Nylon, entre outros) ou cordonéis de fibra de vidro. São fabricadas em diferentes modelos e formatos adequados para o encaixe com polias específicas.

Elas podem ser usadas em diferentes equipamentos como, por exemplo: moinhos; tornos, elevadores de carga; trituradores de rocha; e fatiadores de frios;

Estrutura e Características das Polias de Transmissão

Os diferentes tipos de polias industriais podem ser construídas de diversas matérias-primas como; ligas leves, ferro fundido, materiais sintéticos e diversos tipos de aço. Porém é preciso manter atenção a seu desgaste de uso. E por isso, com o passar do tempo, assim como as correias, elas precisam ser trocadas.

Fazer uso de polias desgastadas pode comprometer o funcionamento de equipamentos e máquinas, pois em consequência, a transmissão de potência vai acontecer com falhas. Portanto, o serviço de manutenção das indústrias deve se preocupar com a substituição das polias e correias de transmissão de suas máquinas sempre que necessário, para que a eficiência e produção de seus equipamentos sejam garantidas.

Principais tipos de Polias de Transmissão 

Há diferentes tipos de polias de transmissão, sendo sete as principais delas:

1) Polia para Correia Sincronizada – É construída para aplicação especifica em correias sincronizadas. Assim, os dentes presentes nas extremidades dessa polia permitem que ela se encaixe perfeitamente com os dentes da correia sincronizada, fazendo assim que juntas, polia e correia, possam operar em perfeita sincronização, estando aí a razão de seu nome.

2) Polia em V Simples – As polias em V simples são feitas para uso especifico com o modelo de correia de transmissão em V. Desse modo, o formato em V negativo da polia, também presente na correia (de forma positiva), permite que os dois componentes se encaixam perfeitamente por meio do contato direto das laterais de uma com a outra, enquanto as extremidades em V não se tocam, permitindo a passagem de ar.

3) Polia em V Múltipla – As polias em V múltiplas possuem frisos em forma de V, projetados para encaixar com precisão nas Polias em V Múltiplas que, por sua vez, possuem ranhuras de mesmo formato. E assim, polia e correia transmitem torque por meio do contato das laterais dos frisos junto as ranhuras, garantindo dessa forma, uma distribuição uniforme de tensão ao longo de toda a extensão da Correia.

4) Polia de Guia – Entre os diferentes tipos de polias, temos as polias de guia, que costumam ser utilizadas em situações de trabalho realizado com duas polias (uma maior e outra menor);

5) Polia para Correia Redonda – Polias para Correias Redondas são desenvolvidas para aplicação em correias de formato redondo, partindo daí o seu nome.

6) Polia Escalonada com o Aro Plano – Caracterizada por possuir degraus em sua construção, a Polia Escalonada com Aro Plano costuma ser utilizada em máquinas que necessitam trabalhar com mais do que uma velocidade de rotação, servindo para utilização em furadeiras de bancada, serra fita, torno e etc.

7) Polia Escalonada com o Aro Abaulado – A exemplo de sua “irmã” que possui aro plano, a Polia Escalonada com Aro Abaulado é um tipo de polia caracterizada por possuir degraus em sua construção, sendo também utilizada em máquinas que necessitam trabalhar com mais do que uma velocidade de rotação. A exemplo de furadeiras de bancada, torno, serra fita e etc.

Principais Tipos de Correias de Transmissão 

Existem três principais modelos de correias industriais, sendo:

1) Correias Lisas ou planas – utilizada principalmente para transmitir força em máquinas grandes;

2) Correias Dentadas ou Sincronizadoras – geralmente utilizadas por motores de quatro tempos;

3) Correias em V – utilizadas por motores que necessitam girar mais de duas polias (às vezes até quatro), construídas com material mais resistente devido o maior esforço.

Manutenção de Polias e Correias 

Fazer uso de polias desgastadas pode comprometer o funcionamento de equipamentos e máquinas, pois a transmissão de potência, em consequência, vai acontecer com falhas. Portanto, o serviço de manutenção das indústrias deve se preocupar com a substituição das polias de suas máquinas sempre que necessário, para que a eficiência de seus equipamentos e produção sejam garantidas.

Quando existe a possibilidade de correias e polias industriais trabalharem em desalinhamento, possíveis superaquecimentos e acidentes podem acontecer, causando problemas aos equipamentos e longas pausas na produção para a execução de reparos.

Um fator importante de polias e correias é manter sua manutenção, já que polias e correias desgastadas e/ou danificadas podem comprometer não apenas o desempenho e bom funcionamento de equipamentos, mas também pode levar a danos muito mais graves como, por exemplo, a perda desses maquinários, sem contar que o tempo de manutenção de uma máquina parada por motivo de quebra pode ser muito maior, se comparado a uma parada para manutenção corretiva ou programada.

Por isso, apresentamos abaixo as principais medias de prevenção, além do tipo de manutenção que vão ajudar a manter suas polias, correias e, consequentemente, maquinários seguros:

1- Verifique se a correia não está muito tensionada, pois isso pode diminuir a vida útil da peça e estragar todo o equipamento;

2- Não deixe a tensão baixa demais. Tensões baixas causam o deslizamento das correias e aquecem as peças durante o trabalho, desgastando as peças do motor;

3 – Tenha certeza de que a correia apresenta um encaixe perfeito na polia. É importante não forçar as peças, nem tentar encaixá-las com o auxílio de outras ferramentas. Se elas não se adequarem, significa que a polia ou a correia não é a ideal para aquela função e podem prejudicar o equipamento;

4 – Verifique se o motor está bem ventilado e sem obstáculos próximos aos furos de respiro, para evitar o superaquecimento;

5 – Com todo o sistema funcionando corretamente, as manutenções das correias e polias devem ser feitas por meio de limpezas periódicas. A frequência vai depender do uso do equipamento, sendo necessário o monitoramento da tensão e do desgaste das peças.

polias-e-correias-tipos-de-manutenção

Tensionamento da Correia de Transmissão

As correias são componentes flexíveis que podem entrar em ressonância a depender da frequência com que elas giram sobre as polias. A ressonância é um problema sério de vibração, já que pode causar falhas graves de operação.

Uma forma simples de fazer com que uma correia saia de ressonância é modificar a sua tensão, de modo a modificar sua vibração.

Outra maneira para buscar a solução do problema é acrescentar mais uma polia no sistema, cuja função é aumentar o caminho pelo qual a correia deve passar, esticando-a em consequência.

Também pode-se alterar o modo de vibração da correia modificando a frequência de trabalho das polias. Toda via, ressaltamos que essas soluções devem ser executadas por profissionais treinados.

WeCreativez WhatsApp Support
Atendimento on-line via WhatsApp!
👋 Olá em que posso ajudar?
Fale conosco no Whatsapp