7 dicas para realizar a movimentação de materiais a granel sem riscos

7 dicas para realizar a movimentação de materiais a granel sem riscos

7 dicas para realizar a movimentação de materiais a granel sem riscos

Publicado em: 24 de março de 2020 | Atualizado: 27 de agosto de 2021

Segue neste texto 7 dicas para realizar a movimentação de materiais a granel sem riscos, aproveitem a leitura.

O transporte de carga é fundamental para a economia mundial, pois sem essa atividade não seria possível realizar a movimentação de produtos e materiais. Em outras palavras, toda a cadeia produtiva existente atualmente seria completamente comprometida. 
A movimentação de materiais a granel, por exemplo, é responsável por manter pequenos produtos disponíveis no mercado, como acontece em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos. 

Contudo, é preciso certificar que todo o processo ocorra de forma segura, aplicando o que preconiza a Norma Regulamentadora Nº 22 (NR-22), evitando maiores problemas.
Ficou interessado pelo assunto? Então, veja 7 dicas para realizar a movimentação de materiais a granel sem riscos.

1 – Invista na capacitação de seus funcionários

Primeiramente, deve-se investir na capacitação dos funcionários. A educação é a melhor maneira de mostrar a todos os funcionários a forma mais segura de se operar as máquinas para realizar a movimentação dos materiais.
Deve-se mostrar os principais riscos e explicar aos operadores, e demais funcionários, os perigos existentes e os acidentes mais comuns nesse tipo de atividade. 

Outro ponto importante é garantir que somente profissionais devidamente treinados e autorizados manuseiem os equipamentos (seja para operá-los, seja para a realização de manutenções).  Não podemos nos esquecer de ensinar a todos os funcionários os procedimentos de emergência, para realizar a paralisação das máquinas e seu desligamento, quando necessário.

2 – Analise as principais informações

O ideal é relatar e avaliar todos os possíveis acidentes, lesões e qualquer outro tipo de evento que possa identificar um risco para os colaboradores. Assim será possível identificar falhas e propor soluções para mitigar as principais ameaças.

Além disso, pode ser interessante pesquisar quais os acidentes mais comuns em sua operação, visando estabelecer formas de evitá-los, garantindo a segurança de todos e o sucesso nos procedimentos. 

Por fim, mas não menos importante, deve-se garantir que todos os funcionários estejam trabalhando em estado de alerta, evitando a ocorrência de incidentes por conta de cansaço ou descuido.

3 – Tenha pequenos grupos de trabalho

Uma forma de garantir que os procedimentos estão sendo seguidos e que todos os profissionais estão atentos às suas respectivas atividades se dá pela utilização de pequenos grupos de trabalho.Dessa forma, evite que os funcionários trabalhem sozinhos e sem as devidas certificações e autorizações para realizar a movimentação de materiais a granel. Esse tipo de pareceria pode ser essencial para evitar acidentes e outros problemas em sua linha de produção. Pense nisso!

4 – Não esqueça dos EPIs

Não podemos garantir a movimentação de materiais a granel sem riscos deixando de lado os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). Fazer com que os funcionários utilizem e, principalmente, entendam a importância desses aparatos é fundamental para reduzir os riscos de toda sua operação. 

Dentre os EPIs mais comuns destacam-se: botas de segurança, óculos de proteção, capacete e protetores auriculares

5 – Execute procedimentos definidos

A movimentação de materiais a granel, assim como outras atividades realizadas em uma indústria, devem seguir alguns procedimentos definidos. Esses devem ser seguidos continuamente, se tornando um hábito de toda a equipe. Dessa forma, destacam-se alguns procedimentos como os procedimentos de bloqueio, travamento, identificação e teste. 

Não podemos deixar de mencionar o procedimento SLAM (Stop, Look, Analise, Manage), que baseia-se em quatro passos: 

  • Parar → Pensar na tarefa a ser executada;
  • Olhar → Identificar os principais riscos;
  • Analisar → Verificar as ferramentas e peças que fazem parte do processo;
  • Gerenciar → Executar as ações necessárias para a realização do trabalho com máxima segurança.

6 – Respeite o transportador

O transportador e demais equipamentos utilizados para a movimentação de materiais a granel jamais devem ser atravessados por ferramentas ou profissionais. Somente permite-se o trânsito de pessoas e equipamentos por baixo dos transportadores contínuos, em locais devidamente protegidos contra a queda de materiais.

7 – Certifique a limpeza dos equipamentos

A limpeza dos equipamentos também é parte essencial para se realizar a movimentação de materiais a granel sem riscos. É preciso deixar claro que a limpeza e manutenção são procedimentos que somente devem ser realizados quando estes estiverem parados e devidamente bloqueados. Lembre-se disso!

Buscamos identificar algumas das principais dicas para se realizar a movimentação de materiais a granel sem riscos. Seguir essas dicas certamente trará mais segurança para sua operação.

Gostou do nosso artigo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais, ajude seus amigos e mostre para seus clientes que você está constantemente se preocupando com a segurança em sua operação. Não deixe para depois!

Fale conosco no Whatsapp