fbpx

Como Escolher a Correia Transportadora Ideal para sua Empresa

Seja na etapa de produção ou no momento da distribuição, a correia transportadora é a parte mais importante da indústria. Neste setor, a todo momento é realizado deslocamento de cargas e ou produtos. Por isso, saber como escolher a correia transportadora ideal para sua empresa é de suma importância.

Mas com tantos modelos no mercado, como saber qual escolher para o meu tipo de segmento? Continue a leitura e entenda todos os itens que devem ser analisados antes de fazer essa escolha.

O que é uma Correia Transportadora?

Como Escolher a Correia Transportadora Ideal para sua Empresa - JW ENgenharia

Aprenda a evitar acidentes com os transportadores de correia

A correia transportadora consiste em duas ou mais polias que movimentam uma superfície em que são transportados os materiais e os produtos de um ponto para outro. São principalmente usadas em mineração, construção civil e fábrica de alimentos. Criadas em 1919 as correias transportadoras foram criadas para reduzir tempo e custo nas atividades industriais, podendo ser automatizadas ou não.

Estrutura de uma Correia Transportadora

Sua composição é basicamente formada por 4 itens, cada um destes itens tendo um papel fundamental para o funcionamento do produto.

  1. Cobertura Superior de Borracha – Podendo apresentar resistência a óleos, alta ou baixa temperatura e também a abrasão;
  2. Carcaça Têxtil – Antes composta por fibras, a carcaça têxtil hoje é fabricada em poliéster e nylon, adicionado a um banho de dip em cada lona melhorando a adesão com a borracha;
  3. Borracha de Ligação – Protege a carcaça da ação dos roletes;
  4. Cobertura Inferior de Borracha – A cobertura inferior pode apresentar resistência a óleos, alta ou baixa temperaturas e também a brasão.

Tipos de Correia Transportadora

Hoje em dia no mercado existem diversas demandas e foram criados diversos tipos de esteiras transportadoras como, esteira de roletes, são aquelas onde a locomoção é realizada pelo giro através do próprio eixo que os roletes podem realizar. Quando possuem o transportador por correntes, são esteiras de correntes. Estes dois tipos realizam o transporte material na horizontal. Já as esteiras transportadoras elevatórias, permitem que a carga seja elevada ou abaixada. Esse tipo é muito utilizado para carga e descarga de caminhões.

Antes de escolher a correia transportadora ideal para o seu empreendimento analise bem suas necessidades que precisam ser sanada, tipo de material a ser movido, peso, largura etc…

Saiba como manter limpa e segura sua correia transportadora

Como Escolher a Correia Transportadora Ideal para sua Empresa?

Para saber como escolher a correia transportadora ideal para sua empresa, primeiramente devemos analisar o tipo de material a ser transportado, sua aplicação, suas exigências em relação à instalação de transporte e às condições ambientais.

É importante analisar e ter em mente as questões a seguir para definir o tipo de correia transportadora mais adequada para seu segmento.

1 – Dimensões do material a ser transportado na correia transportadora:

O comprimento e a largura do produto que será transportado interfere em três elementos. São eles: avanço reto, comprimento de referência e distância entre os roletes.

O avanço reto: A estabilidade do avanço reto é determinada pela relação entre o comprimento e a largura. Quanto maior essa relação, mais estável é o avanço reto. Se a relação entre essas medidas for pequena, serão necessárias algumas providências a fim de estabilizar o avanço reto.

Comprimento de referência: Geralmente o comprimento de referência é o cálculo entre a largura do material a ser transportado + 50mm. Caso os materiais sejam grandes, a exemplo de paletes maiores, o cálculo dever ser a largura + 100mm.

Distância entre os roletes: A fim de evitar problemas ou imprevistos durante o transporte dos materiais na correia transportadora é altamente recomendável que a distância entre os roletes seja designada de modo que sempre se encontrem, no mínimo, três roletes de transporte por baixo do material a ser transportado.

2- Qual a Altura do Material a ser Transportado?

O risco do material tombar durante o transporte aumenta à medida que aumenta a altura desse material em relação à superfície de apoio, para diminuir esse risco, devem se tomar algumas providências, tais como:

Diminuir o máximo possível, a distância entre os roletes. Assim deve ser assegurado um transporte com a maior superfície de apoio possível. Também é importante evitar frenagem e aceleração muito fortes. Além disso, em linhas com declives deverá ser averiguado o centro de gravidade do material, a fim de controlar seu risco de tombar.

Qual grampo devo escolher para a emenda da minha correia transportadora?

3 – Qual o Peso do Material?

O peso do material a ser transportado na correia transportadora vai influenciar sobre o diâmetro a distância e capacidade de carga. Dessa forma ele deve ser distribuído sobre os roletes de transporte de forma que a capacidade de cada um deles não seja superada.

Com isso é possível que seja necessário acrescentar roletes por baixo do material de modo que se encontrem mais do que três. A capacidade de carga do rolete varia de acordo com o diâmetro do tubo. Entretanto, pode aumentá-la inserindo eixos atarraxados, que enrijecem o transportador e funcionam como travessas.

Também é importante atentar-se para a distribuição de peso irregular no material a ser transportado. Essencialmente o peso do material deve ser distribuído da maneira mias uniforme possível. Isso porque quanto mais irregular a distribuição de peso, mais fácil será um transporte confiável. Após considerar todos estes fatores.

Após considerar todo estes fatores, você já está preparado para escolher sua correia transportadora, caso ainda tenha alguma dúvida, entre em contato com um de nossos consultores.

Fale conosco no Whatsapp