fbpx

Como armazenar correia transportadora

como armazenar correia transportadora

As correias transportadoras são itens essenciais no transporte de mercadorias a granel. Contudo, ter um produto de alta qualidade não é sinônimo de sucesso na operação da planta. Para deixá-lo mais próximo dos seus objetivos é preciso saber como armazenar a correia transportadora

E se quiser se preparar para isso não deixe de conhecer os 13 livros mais lidos pelos profissionais da manutenção.

É válido destacar que o rompimento da correia transportadora ou qualquer outro tipo de dano que possa a acometê-la, ocasionará paradas técnicas não programadas e, certamente, prejuízos para a indústria. 

Um sistema de manutenção preventivo também é um fator muito importante para aumentar a vida útil da correias, contudo saber como armazenar correias transportadoras é crucial para que essa alternativa não se torne um grande pesadelo para sua empresa.

“Armazenar um produto de alto valor como são as correias transportadoras em condições precárias e por longos períodos e esperar performance NÃO faz sentido.

Quem trabalha com performance, toma medidas em todas as etapas para obter o resultado esperado, inclusive no que diz respeito na maneira como os sobressalentes são armazenados”.
(Alvaro Vinicius, Consultor Técnico e Proprietário na AVGS SERVIÇOS E COMERCIO LTDA)

Ficou interessado pelo assunto? Então, continue a leitura deste artigo e veja como armazenar correias transportadoras. Não perca!

Como armazenar correia transportadora?

Como já destacado, o correto armazenamento de correia transportadora é um procedimento fundamental para garantir a vida útil deste complemento e evitar paradas desnecessárias em sua linha de produção. 

A melhor maneira de armazenar uma correia transportadora é posicionando-a em pé, utilizando a embalagem do fabricante até o momento em que se for iniciar sua utilização. Além disso, deve-se optar por ambientes frescos, secos e protegidos da ação da luz solar. 

É importante deixar claro que os rolos de correias jamais devem ser deitados de lado, principalmente se estiverem com as bordas descobertas. 

Quando se armazena uma correia transportadora em contato com o chão, todo o seu peso estará dividido entre suas bordas, podendo ocasionar modificações em suas dimensões. Não obstante, o contato do material com o chão também pode gerar contaminações indesejadas, por conta de materiais e substâncias presentes no solo.

Como armazenar correia transportadora

Há uma norma que aborda estes aspectos e auxilia e muito no que diz respeito ao que pode ou não fazer (ANBT 13861 – Armazenagem, embalagem e manuseio de correias transportadoras).

armazenar correias transportadoras


Em nosso outro artigo por exemplo, falamos sobre a  melhor maneira de realizar armazenagem de correias de transmissão

Orientações adequadas para armazenagem de correia transportadora

Posicioná-la em pé e deixá-la em um local apropriado são algumas dicas de se garantir o correto armazenamento de correias transportadoras. Entretanto, existem algumas orientações que devem ser seguidas, simplificando a realização desta tarefa. 

Escolher um ambiente fresco, coberto e sem incidência da luz solar é o primeiro passo a ser seguido. Não podemos deixar de mencionar que o ambiente deve ser completamente protegido contra efeitos deteriorantes que podem ser ocasionados por outros materiais, como óleos e solventes. 

Correias transportadoras que não forem ser utilizadas imediatamente devem ser posicionadas em suspensão, utilizando-se de cavaletes ou pallets. Caso o armazenamento seja por um período prolongado, recomenda-se cobrir a correia transportadora com um plástico preto ou uma lona.

Em um almoxarifado coberto e utilizando-se de embalagem protetora a sugestão é armazená-la por um ano e meio, sendo três anos o período máximo para o seu armazenamento.

O que não pode acontecer na armazenagem das correias transportadoras?

Obviamente, existem alguns pontos de atenção quando o assunto é a forma de armazenamento de correias transportadoras. É preciso garantir que a correia não fique exposta à temperaturas extremas, sejam elas altas (próximo de 21° C) ou baixas (próximo de 10° C). Ambos os extremos são responsáveis por gerar efeitos prejudiciais aos componentes da borracha, matéria prima principal de uma correia transportadora. 

A única maneira de garantir uma longa vida útil de uma correia transportadora e certificar que sua linha de produção não terá nenhum tipo de problema relacionado à este assunto se dá pela aplicação das dicas e orientações destacadas neste artigo. 

Você já conhecia essas técnicas de como armazenar correias transportadoras? Como você está armazenando suas correias neste momento? Já está preparado para mudar esse procedimento? Deixe um comentário com sua experiência e participe do nosso blog. Estamos te esperando!

Correia Transportadora



Fale conosco no Whatsapp